Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Distribuição de vitelo nos ovos

Entenda como é a distribuição de vitelo na célula-ovo e aprenda como essa característica permite classificar os ovos em diferentes tipos. Descubra como distinguir os ovos em alécitos, oligolécitos, mesolécitos, telolécitos e centrolécitos e saiba ainda como identificar os animais que apresentam esses zigotos.

Quando a fecundação ocorre nos animais, forma-se a célula-ovo ou zigoto. O ovo pode ser classificado, de acordo com a distribuição de vitelo, em alécitos, oligolécitos, mesolécitos, telolécitos e centrolécitos.

O que é vitelo?

O vitelo é uma substância nutritiva, que pode estar em grande ou pequena quantidade no ovo. É essa substância que ajudará a nutrir as células embrionárias que estão no início do desenvolvimento.

A quantidade de vitelo presente em um ovo determinará como ocorrerão as primeiras divisões. Esse processo de divisão, conhecido como segmentação ou clivagem, é facilitado em ovos que apresentam menos vitelo. Quanto menos vitelo, mais homogênea é a divisão.

Quais as características de cada tipo de ovo?

Utilizando como critério a quantidade e a forma como o vitelo está distribuída no ovo, podemos classificá-los em alécitos, oligolécitos, mesolécitos, telolécitos e centrolécitos. Vejamos agora as principais características de cada um desses ovos.

  • Alécitos: Ovos alécitos são aqueles que não possuem vitelo. É encontrado em mamíferos placentários.

  • Oligolécitos ou isolécitos: Esses ovos apresentam pouca quantidade de vitelo que está distribuído de forma homogênea pela célula. Os ovos oligolécitos são observados em anelídeos, platelmintos, moluscos não cefalópodes, equinodermos e cordados inferiores.

  • Mesolécitos ou heterolécitos: Esses ovos apresentam quantidade moderada de vitelo, que está concentrada em uma região chamada de polo vegetal. Esse ovo é típico dos anfíbios.

  • Telolécitos ou megalécitos: Esses ovos apresentam uma grande quantidade de vitelo, o qual ocupa praticamente toda a célula. Nesses ovos, o citoplasma, com o núcleo da célula, fica restrito a uma pequena região, o disco germinativo. Esse é o tipo de ovo presente em moluscos cefalópodes, peixes, répteis, aves e também em mamíferos não placentários.

  • Centrolécitos: Nesses ovos, observa-se que a maior quantidade de vitelo está localizada no centro do ovo. É um ovo que ocorre na maioria dos artrópodes, principalmente em insetos.

O ovo ou zigoto, a depender da espécie estudada, apresenta diferentes quantidades de vitelo O ovo ou zigoto, a depender da espécie estudada, apresenta diferentes quantidades de vitelo
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Gametas

Últimos artigos

1º de abril – Dia da Mentira

O Dia da Mentira é celebrado aqui no Brasil em 1º de abril. Acredita-se que essa data tenha surgido por meio de uma mudança de datas que aconteceu na França do século XVI.

Combate ao coronavírus: vírus

Combate ao coronavírus: sintomas

Combate ao coronavírus: prevenção