Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Distribuição de vitelo nos ovos

Entenda como é a distribuição de vitelo na célula-ovo e aprenda como essa característica permite classificar os ovos em diferentes tipos. Descubra como distinguir os ovos em alécitos, oligolécitos, mesolécitos, telolécitos e centrolécitos e saiba ainda como identificar os animais que apresentam esses zigotos.

O ovo ou zigoto, a depender da espécie estudada, apresenta diferentes quantidades de vitelo O ovo ou zigoto, a depender da espécie estudada, apresenta diferentes quantidades de vitelo

Quando a fecundação ocorre nos animais, forma-se a célula-ovo ou zigoto. O ovo pode ser classificado, de acordo com a distribuição de vitelo, em alécitos, oligolécitos, mesolécitos, telolécitos e centrolécitos.

O que é vitelo?

O vitelo é uma substância nutritiva, que pode estar em grande ou pequena quantidade no ovo. É essa substância que ajudará a nutrir as células embrionárias que estão no início do desenvolvimento.

A quantidade de vitelo presente em um ovo determinará como ocorrerão as primeiras divisões. Esse processo de divisão, conhecido como segmentação ou clivagem, é facilitado em ovos que apresentam menos vitelo. Quanto menos vitelo, mais homogênea é a divisão.

Quais as características de cada tipo de ovo?

Utilizando como critério a quantidade e a forma como o vitelo está distribuída no ovo, podemos classificá-los em alécitos, oligolécitos, mesolécitos, telolécitos e centrolécitos. Vejamos agora as principais características de cada um desses ovos.

  • Alécitos: Ovos alécitos são aqueles que não possuem vitelo. É encontrado em mamíferos placentários.

  • Oligolécitos ou isolécitos: Esses ovos apresentam pouca quantidade de vitelo que está distribuído de forma homogênea pela célula. Os ovos oligolécitos são observados em anelídeos, platelmintos, moluscos não cefalópodes, equinodermos e cordados inferiores.

  • Mesolécitos ou heterolécitos: Esses ovos apresentam quantidade moderada de vitelo, que está concentrada em uma região chamada de polo vegetal. Esse ovo é típico dos anfíbios.

  • Telolécitos ou megalécitos: Esses ovos apresentam uma grande quantidade de vitelo, o qual ocupa praticamente toda a célula. Nesses ovos, o citoplasma, com o núcleo da célula, fica restrito a uma pequena região, o disco germinativo. Esse é o tipo de ovo presente em moluscos cefalópodes, peixes, répteis, aves e também em mamíferos não placentários.

  • Centrolécitos: Nesses ovos, observa-se que a maior quantidade de vitelo está localizada no centro do ovo. É um ovo que ocorre na maioria dos artrópodes, principalmente em insetos.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Gametas

Ciências

Répteis

Últimos artigos

Presidente da república

Presidente da república é a autoridade máxima em nosso país. É eleito(a) por meio do voto popular para um mandato de quatro anos.

Porquinho-da-índia

O porquinho-da-índia é um mamífero roedor que possui corpo pequeno e orelhas curtas. Ele pode ser criado como animal de estimação.

Escambo

O escambo é uma modalidade de transação que foi muito comum na Antiguidade. Por meio desse acordo, realiza-se a troca de mercadorias ou serviços.

Nucleotídeo

O nucleotídeo é a subunidade que forma o DNA e o RNA. Cada nucleotídeo é constituído por um grupo fosfato, uma pentose e uma base nitrogenada.