Seminário, um gênero textual

  • Atualmente 4.3333333333333/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Seminário, um gênero textual O seminário é considerado um gênero oral
Por Amanda Gonçalves Ribeiro
PUBLICIDADE

Como têm sido suas apresentações de trabalho na sala de aula? Esse momento é bem desafiador, não é verdade? Às vezes bate aquela timidez e até mesmo um pouco de insegurança em relação ao que os outros colegas irão achar a respeito do que estão assistindo.

Então, sabia que essa atividade é considerada também um gênero textual? E por ser assim classificado, constitui-se de características próprias, tanto quanto os outros que já estudamos até agora. Uma delas, talvez a principal, é o fato de pertencer não à modalidade escrita, mas sim à oralidade.

Diante disso, precisamos estar atentos à maneira de como realizá-lo, afinal não podemos “fazer feio” perante as pessoas que presenciam nossa apresentação. Mas nada que algumas orientações não possam nos auxiliar, e por falar nelas, observemos alguns detalhes importantíssimos:

Sempre quando há um seminário, ele se refere a um determinado assunto. Pois bem, o que iremos discutir não é retirado do além, mas sim de fatos verdadeiros, que realmente existem. Dessa forma, precisamos estar preparados para atuarmos como verdadeiros apresentadores, pois já imaginou se alguém da plateia resolve nos perguntar sobre algo? É exatamente por isso que o seminário deve ser fruto de pesquisas confiáveis, com base em bons autores, no sentido de dominarmos perfeitamente o assunto.

Mas não para por aí não. E a postura de quem está ali frente ao público?

Tenha certeza de que a maneira correta de se portar também revela algumas das características desse gênero, tão importante por sinal. Sendo assim, nada de gestos inadequados, ombros caídos, piadas, ou qualquer tipo de brincadeira que não seja adequada à situação. É preciso que haja uma verdadeira sincronia entre todos os participantes durante a apresentação, por isso, seguem algumas dicas:

Como num texto escrito, é necessário que primeiramente haja uma apresentação sobre o assunto principal que será discutido. Em seguida, é o momento de partir para o desenvolvimento do trabalho, abordando os principais aspectos relacionados ao assunto e, ao final de tudo, um dos componentes faz uma conclusão de todo o trabalho, no objetivo de relatar as experiências e o aprendizado obtido. Ah! Não se esqueça: a linguagem deverá ser formal, ou seja, adequada àquela utilizada na escrita, isto é, à norma culta.

Agora que você já sabe, no momento em que for apresentar um seminário, ponha em prática todo seu conhecimento, e que tenha um bom desempenho!

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Escola Kids

Avaliação

8.7

    Assuntos Relacionados

    Escola Kids