Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Frases dissertativas

Possibilidades ou certezas? Quais desses recursos devemos fazer uso nas frases dissertativas? É só clicar para conferir um pouco mais!

Falando em “frases dissertativas”, algo lhe chama a atenção? Provavelmente, pois tivemos a oportunidade de conhecer, em outros encontros já passados, algumas características que se atribuem ao texto dissertativo. Ele, caso você não tenha se recordado assim tão bem, é um texto no qual o emissor (a pessoa que fala e/ou escreve) expõe opiniões e defende ideias acerca de um determinado assunto que é posto em discussão. Nesse sentido, como se trata de uma modalidade dessa natureza, o quanto mais se demonstrar imparcial, ou seja, não revelar nenhum tipo de envolvimento emocional, maiores serão as chances de convencimento por parte do interlocutor (no caso, a pessoa que lê e/ou escreve).

No entanto, não podemos afirmar que sejam somente esses aspectos que predominam, haja vista que existem ainda outros, os quais se constituem da mesma importância, do mesmo valor. Assim, por esse motivo, a partir de agora iremos conhecer mais dois deles: as possibilidades e certezas nas frases dissertativas. Desse modo, vejamos, de forma particular, cada uma dessas características:


As frases dissertativas, integrando o texto dissertativo, constituem-se de aspectos específicos
 

 

Possibilidades

O uso de generalizações, ou seja, afirmar que se trata de uma verdade inquestionável, não representa uma medida assim tão aceitável dentro de um texto dessa modalidade, haja vista que o leitor pode se sentir questionado(a) acerca de algumas afirmações e seu texto, consequentemente, não será visto com “bons olhos”, assim como deveria. Por essa razão, torna-se aconselhável que você faça uso de expressões que retratem possibilidade, como nos demonstra o exemplo a seguir:

O cargo de chefia, ocupado pela classe feminina, ainda é baixo porque ainda existe muito preconceito por parte dos grandes administradores.

Como se vê, trata-se uma verdade que não nos permite questioná-la, haja vista que o ponto de vista parece ser categórico.  Agora, observe esta mesma frase grafada de outra forma.
O cargo de chefia, ocupado pela classe feminina, ainda é baixo provavelmente porque ainda existe muito preconceito por parte dos grandes administradores.

Como você percebeu, o uso da palavra “provavelmente” deixa espaço para que essa afirmação não se manifeste de forma categórica, generalizante.

Certezas

mso-border-bottom-alt:solid windowtext .75pt;padding:0cm 0cm 1.0pt 0cm">

Como nos indica o próprio sentido da palavra, ao desejar que uma afirmação seja empregada de forma inquestionável, o emissor pode se utilizar de expressões que indiquem esse aspecto, que transmitam essa ideia, como podemos constatar por meio do exemplo a seguir:

A falta de segurança é um problema que se encontra inserido na sociedade. Fazendo uso de expressões que indicam a certeza, temos:

Torna-se inegável que a falta de segurança seja um problema que se encontra inserido na sociedade.

O uso da palavra inegável, ao se constituir do prefixo “-in”, já representa algo que não se pode negar, haja vista que o sentido desse prefixo é o de realmente ser negativo.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Possibilidades e certezas são características das frases dissertativas, a depender da intenção discursiva do emissor Possibilidades e certezas são características das frases dissertativas, a depender da intenção discursiva do emissor
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Português

Dissertação

Últimos artigos

Idade Moderna

Idade Moderna foi um dos períodos da História, iniciando-se em 1453 e finalizando-se em 1789. Foi o período dos regimes absolutistas e do surgimento do capitalismo.

Animais onívoros

Animais onívoros são aqueles que podem alimentar-se de algas ou plantas e também de outros animais. Porcos e baratas são exemplos de animais onívoros.

Réveillon e Ano-Novo

O Réveillon e o Ano-Novo são datas comemorativas de final e início de ano e remetem a comemorações diferentes.

Revolução Praieira

A Revolução Praieira foi a última revolução provincial que aconteceu no Brasil durante o período monárquico e abalou Pernambuco, de 1848 a 1850.