Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Diferenças entre Predicativo e Adjunto Adnominal

Quer tornar os seus conhecimentos ainda mais aprimorados? É simples, clique e confira as diferenças entre o adjunto adnominal e o predicativo.

O texto, que já fez parte de um dos nossos encontros, intitulado de Morfossintaxe fez com que você descobrisse que, depois de formularmos nosso pensamentos e colocarmos em prática nossas ideias, sobretudo quando se trata de Linguagem escrita, AS FRASES, ORAÇÕES, PERÍODOS comportam elementos que entre si estabelecem relações, denominadas de relações sintáticas. Dessa forma, dependendo da maneira como as palavras se encontram dispostas dentro de uma determinada oração, muitas vezes algumas dúvidas surgem no momento de atribuirmos a elas a classificação adequada. Por isso, saiba que é sempre bom voltarmos, darmos uma olhadinha naquilo que já aprendemos para assim termos a habilidade necessária de demonstrarmos os conhecimentos que adquirimos, não somente por aqui, mas na escola, em casa, durante os momentos de estudo, enfim.

Pois bem, para falarmos um pouco sobre essa duvidazinhas que tendem a nos acompanhar, escolhemos tratar das diferenças que há entre o predicativo e o adjunto adnominal.  Partindo de exemplos, obviamente, pois assim parece que tudo se torna mais fácil, não acha? Vamos lá, então:

                                                     Entre o predicativo e o adjunto adnominal há algumas diferenças específicas
                                            Entre o predicativo e o adjunto adnominal há algumas diferenças específicas

O garoto alegre chegou e cumprimentou a todos.

 

Percebemos, por meio de uma análise mais minuciosa, que a qualificação que se atribui ao garoto é permanente, ou seja, ele sempre está alegre, descontraído. Dessa forma, por se tratar de um aspecto relativo à personalidade do garoto, dizemos que o termo em destaque (“alegre”) se classifica como um adjunto adnominal.

Analisemos agora este outro exemplo:

O garoto chegou e, alegre, cumprimentou a todos.

Percebemos que, diferentemente do que ocorreu no enunciado anterior, o termo em destaque representa uma qualificação circunstancial, momentânea do garoto, ou seja, pode ser que em outra ocasião ele se manifeste de forma diferente. Falando assim, cabe afirmar que estamos diante de um predicativo, haja vista que indica um estado de ser do sujeito, ou seja, do garoto.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

O predicativo e o adjunto adnominal são demarcados por diferenças específicas O predicativo e o adjunto adnominal são demarcados por diferenças específicas
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Português

Predicado nominal

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.