Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Crítica

Que tal conhecer um pouco mais sobre um gênero textual do meio jornalístico? Você nem adivinha? A crítica, por que não?!

A crítica tem por finalidade descrever acerca de um determinado objeto cultural, estimulando o leitor ou desmotivando-o A crítica tem por finalidade descrever acerca de um determinado objeto cultural, estimulando o leitor ou desmotivando-o

Imagine que, aproximando-se um belo final de semana, você sinta que precisa se divertir (assim como ocorre com a maioria das pessoas), mas, repentinamente, você fica sem opções, sem saber aonde ir.  Calma, fato bastante simples de ser resolvido, pois ao folhear algumas páginas do jornal, perceberá que nele há um espaço em que você encontrará diversas opções de lazer, e mais: suponhamos que você se interesse em assistir a algum filme que se encontra em cartaz, você sabia que nesse mesmo espaço do jornal há comentários, exposição de opiniões acerca do enredo, geralmente realizados por pessoas entendidas no assunto? Gostou da ideia?


A crítica define-se por um gênero textual de natureza argumentativa

O fato é que a crítica, ora concebida como um gênero textual e também conhecida por resenha crítica, encontra-se inserida no meio jornalístico, cuja intenção é descrever um objeto cultural, seja um filme, livro, CD, peça teatral, entre outras modalidades. Assim, por meio dos comentários feitos pelo crítico, o leitor pode se sentir motivado, assim como pode mudar completamente as expectativas que mantém sobre aquilo que deseja compartilhar, sentindo-se desmotivado (a), a depender da natureza dos comentários feitos.

Por se tratar de um gênero, argumentativo por excelência, constitui-se de uma estrutura um pouco mais livre, quando comparado aos demais. Assim, em se tratando de uma peça teatral, o resenhista ressalta acerca do autor do texto, elenco atuante, preço do ingresso, horário de exibição, entre outros fatores. Caso o objeto de análise seja um CD, por exemplo, os pontos a serem comentados dirão respeito ao nome do artista, gravadora, número de faixas, músicos componentes, preço, data de lançamento etc.

No que se refere à linguagem utilizada, costumamos dizer que ela pode variar, tendo em vista as características do público a quem ela é direcionada, ou seja, pode ser que se trate de um público mais jovem, mais despojado, mas pode ser também que a referência defina-se por um público dotado de um nível cultural mais elevado. Dessa forma, deve haver o equilíbrio quanto à natureza do vocabulário a ser utilizado.

Por meio de todo esse conhecimento que aqui acabamos de adquirir, importante é que você saiba que a finalidade da crítica é fazer com que o leitor aprecie ou deixe de apreciar um determinado objeto cultural – posicionamento esse que ele somente adotará após se inteirar dos comentários feitos pelo próprio resenhista.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Por Escola Kids

Últimos artigos

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.

Guerra do Contestado

Guerra do Contestado foi um conflito que se estendeu de 1912 a 1916 e mesclou insatisfação social com messianismo religioso.

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.