Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Olfato

Compreenda mais sobre o olfato, um sentido que nos torna capazes de perceber os odores.

O olfato permite-nos perceber diversos cheiros, proporcionando incríveis sensações O olfato permite-nos perceber diversos cheiros, proporcionando incríveis sensações

Como é bom poder sentir o cheiro de uma rosa, o perfume de uma pessoa querida ou o cheiro maravilhoso da comida da mãe. É através do sentido do olfato que isso se torna possível. Vamos conhecer um pouco mais sobre esse sentido tão valioso?

O principal órgão do sentido do olfato é o nariz. A percepção dos odores ocorre graças a uma região localizada na parte superior das cavidades nasais chamada de epitélio olfatório. É nesse epitélio que encontramos células sensoriais especializadas chamadas de quimiorreceptores. Elas são caracterizadas por possuírem prolongamentos que ficam mergulhados no muco, são os chamados cílios olfatórios.

As moléculas odoríferas dispersas no ar são capazes de estimular esses cílios. Elas gerarão um impulso nervoso que chegará até o bulbo olfatório (área do cérebro que é responsável por receber a mensagem e enviá-la para outras regiões do cérebro onde a mensagem será interpretada). Acredita-se que o homem seja capaz de distinguir cerca de 10 mil cheiros diferentes.

Uma característica muito interessante desse sentido é o fato de ele estar intimamente relacionado com o paladar. Você já deve ter percebido que, ao comer alguma coisa quando se está resfriado, o gosto fica muito difícil de ser distinguido. Isso ocorre em razão do fato de que o sabor é uma mistura de gostos, cheiros e texturas. Quando pegamos o alimento, vários odores estão sendo liberados e, ao mastigarmos, fazemos com que mais cheiros se espalhem. Quando estamos gripados, a grande quantidade de muco nos impede de sentir o odor e não conseguimos captar o sabor.

Quando estamos resfriados, sentimos dificuldade de detectar o sabor dos alimentos
Quando estamos resfriados, sentimos dificuldade de detectar o sabor dos alimentos

Você sabia que existem pessoas que conseguem sentir nenhum cheiro? A perda total desse sentido é chamada de anosmia. Acredita-se que pelo menos 1% da população é atingida. Algumas doenças estão relacionadas com essa perda da capacidade de perceber odores, entre elas está o mal de Parkinson. A poluição também parece influenciar na perda desse sentido.

A capacidade de perceber odores é fundamental para a sobrevivência de animais! Alguns machos conseguem perceber o odor característico da fêmea quando esta está pronta para reprodução. Além disso, podem perceber que determinado alimento está estragado ou que algo está queimando. Sem contar a capacidade de sentir o cheiro de um predador ou de uma presa.

Esse sentido é tão importante para nós humanos quanto para os outros animais. Acredita-se que os bebês já são capazes de reconhecer o cheiro da mãe na primeira semana de vida. Além disso, nós somos capazes de associar instantaneamente um cheiro com alguma situação pela qual já passamos. Quem nunca sentiu um perfume e lembrou-se de uma pessoa querida?


Por Vanessa dos Santos
Graduada em Biologia


Aproveite para conferir nossa videoaula relacionada ao assunto:

Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Ciências

Visão

Ciências

Órgãos dos sentidos | Ensino Fundamental I

Últimos artigos

Alvéolos pulmonares

Alvéolos pulmonares são estruturas que lembram pequenas bolsas e são onde ocorrem as trocas gasosas. São os responsáveis pelo aspecto esponjoso do pulmão.

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.

Tríplice Aliança

Tríplice Aliança foi um acordo militar assinado, em maio de 1882, por Alemanha, Áustria-Hungria e Itália, que procuravam se proteger de França e Rússia principalmente.

Raposa

Raposa é um nome popular usado para se referir a alguns representantes da família Canidae, a mesma família dos cães e lobos. São animais onívoros e geralmente solitários.