O texto com base na exposição de ideias

  • Atualmente 5/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O texto com base na exposição de ideias O texto dissertativo – desenvolvimento de opiniões
PUBLICIDADE

Imagine você em meio a uma roda de amigos em que todos estivessem discutindo sobre um dos problemas referentes à sociedade, como, por exemplo, a “violência”.

Ao participarmos de uma discussão, temos que expor o que pensamos sobre determinado assunto, caso contrário, ficaremos excluídos da conversa, não concorda?

Assim como ocorre na fala, nossas opiniões também poderão ser reveladas através da escrita. Mas como escrever sobre algo, se não temos ideias a revelar?

É exatamente por esta razão que devemos praticar o hábito da leitura de bons livros, de jornais, revistas, assistirmos a telejornais, pois eles são instrumentos de comunicação extremamente importantes, que nos auxiliam na informação sobre tudo o que acontece ao nosso redor.

Agindo desta maneira, não sentiremos mais aquela famosa dificuldade no momento de construir uma boa redação, não é mesmo? Pois tudo se torna fácil quando temos ideias, pensamentos a discutir.

Como você sabe, tanto na fala quanto na escrita, há uma pessoa que fala (ou escreve) e uma que ouve (ou lê) que são chamadas de interlocutores do diálogo.

Este texto no qual temos a oportunidade de desenvolvermos nossas opiniões sobre qualquer assunto, é denominado de texto dissertativo.


 

A principal característica do texto dissertativo é fazer com que o leitor acredite, confie em tudo aquilo que foi escrito pela outra pessoa, por isto, não podemos escrever nada que não possua sentido.

A linguagem utilizada precisa ser clara, sem rodeios, promovendo um bom entendimento por parte de quem irá ler. Desse modo, há uma forma correta para a sua construção à qual devemos estar atentos:

* Como todo texto, ele deverá possuir um título;

* Um a dois parágrafos contendo o assunto principal que será discutido, também chamado de introdução;

* O próximo passo é construirmos mais uns três a quatro parágrafos, onde desenvolveremos nossas ideias, que recebem uma denominação específica, chamados de “argumentos”;

* E para finalizar, temos a conclusão, que como o próprio nome já revela, iremos fechar, concluir sobre tudo aquilo que escrevemos, pois um texto sem conclusão torna-se sem sentido e as ideias ficam vagas.

Agora que você já se tornou sábio no assunto, com certeza ganhará o prêmio de melhor escritor, sempre.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Escola Kids

Avaliação

10.0

    Assuntos Relacionados

    Escola Kids