Tritongo

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Tritongo O tritongo da sílaba em destaque é oral, pois possui uma vogal que também é oral
Por Mariana Rigonatto
PUBLICIDADE

Como você já deve saber, os encontros vocálicos são caracterizados pela presença de vogais e semivogais. Assim, observe a sílaba em destaque na seguinte palavra:

Enxaguei

Percebemos que essa sílaba é composta de uma vogal (e) e duas semivogais (u,i). Para retomarmos esses conceitos (vogal e semivogal), vale lembrar que são classificadas como semivogais aquelas que possuem um som mais fraco na sílaba, sendo, portanto, assilábicas, ou seja, não são responsáveis diretas pela sonoridade e apoiam-se em outra vogal que possua um som mais forte. As vogais são os fonemas que possuem uma sonoridade maior e dão base à formação da sílaba.

Voltando à análise da sílaba da palavra “enxaguei”, percebemos, então, que esse encontro vocálico expressa um fenômeno fonético conhecido como TRITONGO. Dessa maneira, conceituamos que:

  • TRITONGO é o encontro vocálico formado de uma semivogal + uma vogal + uma semivogal.

Exemplos:

delinquem*

quão

Uruguai

ATENÇÃO! Interessante notar que, em “delinquem”, a última semivogal não está representada graficamente pela letra correspondente. No entanto, é importante lembrar que estamos nos referindo a um fenômeno fonético, e não ortográfico, o que justificaria essa aparente ausência na escrita, mas claramente representada pelo fonema /w/.

De acordo com a vogal que compõe o tritongo, ele pode ser classificado em:

Tritongos orais – possuem vogal oral

/way/

Paraguai

/wêy/

Averiguei

/wiw/

Delinquiu

/wôw/

Enxaguou

 

Tritongos nasais – possuem vogal nasal

/wãw/

Saguão, enxáguam

/wẽy/

Ninguém

/wõy/

saguões

 

Avaliação

-

    Assuntos Relacionados

    Escola Kids