Modificações do Solo

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Modificações do Solo A erosão é uma das principais modificações do solo
Por Wagner de Cerqueira e Francisco
PUBLICIDADE

O solo corresponde à camada superficial da crosta terrestre, sendo formado principalmente por aglomerados minerais e matéria orgânica resultante da decomposição de animais e plantas.

Esse elemento natural passa por diversas transformações, fenômeno natural que pode ser agravado pela ação humana. As modificações do solo podem ser motivadas pela ação das chuvas, dos ventos, dos rios, asfaltamento, construções de cidades, etc.

A erosão, por exemplo, é uma das modificações do solo mais preocupantes. Esse processo consiste no deslocamento de solo pela ação das chuvas, dos rios ou dos ventos, em que as partículas do solo são arrastadas para as áreas mais baixas do terreno.

Outra alteração do solo que provoca danos ambientais significativos é a desertificação. Esse fenômeno, comum nas regiões áridas e semiáridas e subúmidas, é caracterizado pela perda da capacidade produtiva do solo. As queimadas e os desmatamentos contribuem para a perda de substâncias do solo.

Portanto, a erosão, a desertificação e outras modificações do solo podem ocorrer por fatores naturais, no entanto, elas são aceleradas pela ação do homem, sobretudo através das queimadas, desmatamento, técnicas agrícolas inadequadas, mineração, expansão das áreas urbanas e impermeabilização do solo.

Sendo assim, algumas medidas são necessárias para se preservar o solo, tais como a manutenção da cobertura vegetal, reflorestamento, planejamento das construções, técnicas agrícolas menos prejudiciais ao solo, redução dos desmatamentos e das queimadas, entre outras.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

Avaliação

-

    Escola Kids