Uso do hífen nas palavras compostas

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Uso do hífen nas palavras compostas A colocação do hífen nas palavras compostas possui regras específicas
Por Mariana Rigonatto
PUBLICIDADE

Você já sabe que o hífen é usado em três situações:

a) para ligar os elementos de palavras compostas ou derivadas por prefixação:

couve-flor

pau-de-sebo

b) para unir pronomes átonos a verbos:

ofereceram-lhe

levá-la-ei

c) para fazer translineação, ou seja, separação silábica de uma linha para outra:

estudan-/ te

cor-/rer

No entanto, algumas regras específicas precisam ser observadas atentamente no que diz respeito ao uso do hífen nas palavras compostas, tais como:

1) Usa-se hífen nas palavras compostas cujos elementos perderam a sua significação própria:

arco-íris

bel-prazer

és-sueste

2) Usa-se hífen nas palavras compostas que possuam como primeiro elemento um adjetivo de forma reduzida ou não:

anglo-brasileiro

histórico-geográfico

luso-brasileiro

3) Usa-se hífen nas palavras compostas que possuam os radicais auto-, neo-, proto-, pseudo-, semi-, quando o elemento seguinte iniciar-se com H:

neo-humanismo

proto-histórico

pseudo-herói

semi-homem

4) Usa-se hífen nas palavras compostas que possuam o radical pan-, quando o elemento seguinte começar com H:

pan-helênico

5) Usa-se hífen nas palavras compostas com os advérbios bem e mal, quando formarem com o elemento que lhes segue uma unidade sintagmática e semântica e tal elemento começar com vogal ou H:

bem-aventurado

bem-estar

mal-afortunado

mal-humorado

6) Usa-se hífen nas palavras compostas que possuam as unidades sintagmáticas sem, além, aquém, recém:

sem-cerimônia

além-mar

aquém-fronteiras

recém-casado

Existem algumas exceções de acordo com o Novo Acordo Ortográfico:

  • Paraquedas – e não “para-quedas”.
  • Autoanálise: o Novo Acordo eliminou o hífen quando o outro elemento iniciar com vogal.
  • Semirreta: o Novo Acordo eliminou o hífen quando o outro elemento iniciar com R, com duplicação dessa consoante.
  • Neossindicalismo: o Novo Acordo eliminou o hífen quando o outro elemento inicia-se com S, com duplicação dessa consoante.
  • Pan-americano: o Novo Acordo mantém o hífen quando o segundo elemento iniciar com vogal, H, M ou N.
  • Circum-navegação: o Novo Acordo mantém o hífen quando o segundo elemento iniciar com vogal, H, M ou N.
Avaliação

-

    Escola Kids