Uso do hífen na prefixação

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Uso do hífen na prefixação O uso do hífen na prefixação possui regras específicas
Por Mariana Rigonatto
PUBLICIDADE

Quando estudamos os processos de formação de palavras, descobrimos que muitas delas são originadas da aglutinação (união) de prefixo ao radical. Exemplos:

braço – antebraço

dizer – contradizer

permeável – impermeável

Ao observarmos os exemplos acima, percebemos que o prefixo, nesses casos, uniu-se diretamente ao radical, ou seja, não foi necessário o uso do hífen para a derivação dessas palavras. No entanto, existem casos específicos nos quais o uso do hífen entre o prefixo e o radical é obrigatório. Vamos analisá-los agora!

Deve-se usar hífen nos vocábulos formados pelos prefixos:

a) contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-, quando seguidos de radical iniciado por H ou pela mesma vogal na qual termina o prefixo.

intra-hepático

infra-humano

contra-almirante

b) ante-, anti-, arqui- e sobre-, quando seguidos de radical principiado por H, ou pela mesma vogal com que termina o prefixo.

ante-histórico

arqui-inimigo

c) super- e inter-, quando seguidos de radical começado por H ou R.

super-homem

super-revista

inter-helênico

inter-resistente

d) ab-, ad-, ob-, sob- e sub-, quando seguidos de radical iniciado por R.

ab-rogar

ad-rogação

ob-reptício

sob-roda

sub-reino

e) sota-, soto-, vice- (ou vizo-) e ex- (com sentido de cessamento ou estado anterior).

sota-piloto

soto-ministro

vice-reitor

ex-diretor

f) pós-, pré e pró-, quando têm significado e acentos próprios. Se forem formas homógrafas (possuírem a mesma escrita) inacentuadas, não se usa hífen.
 

Prefixo + hífen

Formas homógrafas sem hífen

Pós-graduação

Pospor

Pré-escolar

Preestabelecer

Pró-britânico

Procônsul


g) quando o prefixo ou o elemento anteposto termina na mesma vogal com que começa o segundo elemento.

supra-auricular

ante-existente

anti-imperalista

neo-ortodoxo

Atenção!

- Quando o segundo elemento começar com vogal diferente, não se usa hífen.

Ultraelegante

- Quando o segundo elemento começar com R, duplica-se o R e não se usa hífen.

Extrarregimental

- Quando o segundo elemento começar com S, duplica-se o S e não se usa hífen.

Suprassumo

Avaliação

-

    Escola Kids