Tipos de rimas: perfeitas e imperfeitas

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Tipos de rimas: perfeitas e imperfeitas A combinação dos sons entre os versos do poema pode formar rimas perfeitas e imperfeitas
Por Mariana Rigonatto
PUBLICIDADE

Leia o poema a seguir:

Pontinho de vista

Eu sou pequeno, me dizem,
e eu fico muito zangado.
Tenho de olhar todo mundo
com o queixo levantado.
Mas, se formiga falasse
e me visse lá do chão,
ia dizer, com certeza:
Minha nossa, que grandão!

(Pedro Bandeira)

Veja que em alguns versos do poema o autor utilizou a mesma combinação de sons e de letras entre as palavras que os encerram, como em:

zangado/levantado

chão/grandão

Essa semelhança de sons em lugares determinados do verso é conhecida como rima. Mas, atenção! A rima é uma coincidência de sons e não de letras. Assim, pode haver diferentes tipos de rimas que realizam de formas diversas a combinação entre os sons dos versos.

Veja, agora, dois tipos dessas rimas:

a) Rimas perfeitas – são aquelas que possuem uma identidade absoluta entre os sons.

A porta

Sou feita de madeira
Madeira, matéria morta

Não há nada no mundo
Mais viva que uma porta

Eu abro devagarinho
Pra passar o menininho

Eu abro bem com cuidado
Pra passar o namorado

Eu abro bem prazenteira
Pra passar a cozinheira

Eu abro de supetão
Pra passar o capitão

Eu fecho a frente da casa
Fecho a frente do quartel

Eu fecho tudo no mundo
Só vivo aberta no céu!

(Vinicius de Moraes)

É interessante observar que, na última estrofe, o poeta faz uma rima perfeita com a combinação de sons e não de letras:

quartel/ céu

Veja mais um exemplo dessa combinação de sons com letras diferentes no poema a seguir:

Colo de avó

Tem avó que é diferente,
nada de cachorro, gato,
cavalo ou duende.
Galinha de estimação
é o que a avó carrega
feito mapa do tesouro,
para lá e para cá
(parecem duas dançarinas).
e para quem conta
os seus segredos, fala do tempo,
do que vai colher, do que vai plantar.

A galinha concorda: có,
discorda: cócó,
Às vezes dorme, às vezes acorda
e muitas vezes esquece
que a avó não é galinha.
Apesar de tão quentinha,
a avó é gente.

(Roseana Murray)

b) Rimas imperfeitas: são aquelas em que não há identidade absoluta entre os sons, sendo realizada de duas formas:

  • combinação das vogais acentuadas e e o, semiabertas com semifechadas:

Como se ama o crepúsculo da aurora,
A mansa viração que o bosque ondeia,
O sussurro da fonte que serpeia,
Uma imagem risonha e sedutora;

(Como eu te amo – Gonçalves Dias)

Veja que nesse poema o autor utilizou-se da combinação de uma vogal semiaberta com uma semifechada para a construção da rima:

ourora/sedutora

  • combinação de uma vogal oral com uma vogal nasal:

De que ele, o sol, inunda
O mar, quando se põe,
Imagem moribunda
De um coração que se foi...

(João de Deus)

Observe que o poeta faz a combinação de sons entre uma vogal oral e uma nasal:

põe/foi

Avaliação

-

    Escola Kids