Riscos de uma alimentação inadequada

  • Atualmente 3.75/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Riscos de uma alimentação inadequada Os famosos "fast-food" fornecem grande quantidade de gordura
PUBLICIDADE

Todos nós sabemos que devemos manter uma alimentação saudável, rica em produtos de origem vegetal e com pouca quantidade de gorduras e açúcares. Apesar disso, o que vemos é um aumento no consumo de produtos industrializados, ricos em gorduras e conservantes, e de fast-food, como pizzas e sanduíches. Mas será que esse hábito faz algum mal?

Primeiramente devemos entender que uma alimentação saudável baseia-se no consumo de todos os nutrientes necessários para o funcionamento adequado do corpo. Assim sendo, é fundamental que nossa dieta inclua proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas e sais minerais.

Com o ritmo cada vez mais frenético das grandes cidades, resta-nos pouco tempo para cuidar da alimentação e acabamos consumindo comidas rápidas, como lanches. Esses alimentos, entretanto, nem sempre contêm todos os nutrientes na quantidade adequada para o nosso corpo, causando sérios danos à saúde.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, grande parte da população não ingere os valores mínimos recomendados de sais minerais e vitaminas, por exemplo. Essa deficiência pode provocar problemas na formação dos ossos, anemias, fraqueza muscular, problemas de visão, dificuldades respiratórias etc.

Além disso, alimentos industrializados podem conter substâncias que fazem mal em grande quantidade, como é o caso dos açúcares, gorduras e sódio. O açúcar, por exemplo, pode ser responsável pelo aumento do peso e da quantidade de gordura no sangue. A gordura, por sua vez, relaciona-se com problemas nos vasos sanguíneos e no coração; e o sódio provoca pressão alta quando consumido em excesso.


Uma alimentação inadequada pode gerar obesidade.

Vale frisar também que a alimentação inadequada pode desencadear a obesidade, uma doença crônica que atinge uma grande parcela da população e é resultado do excesso de gordura corporal. A obesidade não é apenas um simples problema estético, estando relacionada com casos de hipertensão arterial, diabetes, infartos e até mesmo cânceres.

Algumas vezes não é o excesso de alimentação que causa danos, e sim a deficiência de nutrientes. Denomina-se de desnutrição a condição clínica caracterizada pela deficiência de algum nutriente, seja pela má alimentação, seja pela ingestão insuficiente. Esse problema de saúde gera perda muscular, emagrecimento, alterações na pele e cabelo, anemia, alterações ósseas e no sistema nervoso, entre outros danos.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Avaliação

7.5

    Escola Kids