Qual é a finalidade da dor?

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Qual é a finalidade da dor? As dores podem ter causas diversas e são um tipo de sensação bastante individual
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

Quem nunca reclamou de uma dor de cabeça, dor no corpo, dor nos olhos, dores de garganta etc.? Entretanto, o que é a sensação de dor? Ela apresenta alguma função para o nosso organismo?

O que é a dor?

De acordo com a Associação Internacional para o Estudo da Dor, essa reação pode ser definida como “uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a um dano real ou potencial dos tecidos, ou descrita em termos de tal dano”. Isso quer dizer que a dor é uma sensação desagradável que indica algum dano ou risco de dano para alguma parte do organismo.

A dor é uma sensação complexa e varia muito de pessoa para pessoa. Nem sempre o que é dor para alguém é para outro, portanto, trata-se de uma experiência única e completamente individual. Vale destacar que o momento que cada pessoa está passando e os sentimentos naquela ocasião podem aumentar ou diminuir a dor.

Qual é a finalidade da dor?

Quando sentimos dor, como vimos anteriormente, é sinal de que algo não vai bem em nosso corpo e que necessita urgentemente de cuidados. A dor faz com que se busquem medidas para acabar com o problema, funcionando, portanto, como um aviso.

Os médicos devem sempre ficar atentos à dor de um paciente, pois pode ser um sintoma de alguma doença. Sendo assim, esse profissional deve analisar e recolher informações que possam ajudar no diagnóstico e, assim, evitar danos graves ao organismo.

Quais são os tipos de dor existentes?

Basicamente, podemos dividir a dor em dois grupos principais: aguda e crônica. Na dor aguda, o paciente sente a sensação desagradável de forma bastante rápida e repentina. A função principal desse tipo de dor é alertar o organismo imediatamente.

Na dor crônica, a sensação dolorosa é sentida por muito tempo, ocorrendo de forma constante e desencadeando, muitas vezes, sequelas. Diferentemente da dor aguda, esse tipo de dor não apresenta vantagens biológicas, pois vai muito além de alertar o indivíduo, acarretando também danos.

Tratamento da dor

Normalmente, para acabar com as dores, utilizam-se medicamentes analgésicos, que têm por finalidade interromper as vias de transmissão nervosas. Entretanto, o tratamento da dor deverá ser baseado nas suas causas. Isso quer dizer que, ao tratar uma dor de dente, por exemplo, devemos procurar o problema que está afetando o dente. Se for uma cárie, devemos acabar com ela para que a dor de dente também acabe.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Avaliação

-

    Escola Kids