Plastídios

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Plastídios Os plastídios são estruturas típicas de uma célula vegetal
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

Os plastídios, também chamados de plastos, são estruturas encontradas nas células vegetais que possuem um material genético próprio. Um exemplo muito comum de plastídio é o cloroplasto, que é responsável pela fotossíntese.

Estrutura dos plastídios

Os plastídios são formados por duas membranas, que delimitam uma matriz chamada de estroma. O estroma apresenta membranas – os tilacoides – que se apresentam diferentes a depender do plastídio analisado. Além dos tilacoides, há na matriz DNA, RNA, ribossomos e enzimas.

Funções dos plastídios

Os plastídios apresentam várias funções a depender do tipo analisado. Os que possuem clorofila estão relacionados com o processo de fotossíntese; aqueles que apresentam carotenoides estão relacionados, muitas vezes, com a atração de polinizadores. Eles também apresentam a função de armazenar substâncias, tais como amido e proteínas. Os amiloplastos presentes na raiz são capazes de perceber a gravidade.

Tipos de plastídios

Os plastídios diferenciam-se na forma e tamanho, assim como pela presença ou ausência de pigmentos e substâncias acumuladas. Podemos classificá-los em três grandes grupos:

  • Cloroplastos: possuem como pigmento a clorofila, a qual apresenta coloração verde. Eles estão presentes em praticamente todo o vegetal, mas são encontrados em maior quantidade nas folhas.

    Os cloroplastos são os mais complexos plastídios, pois seus tilacoides aparecem como sacos achatados e dispõem-se como uma pilha de moedas.

Observe que, no interior do cloroplasto, os tilacoides estão dispostos em pilhas
Observe que, no interior do cloroplasto, os tilacoides estão dispostos em pilhas

  • Cromoplastos: nesses plastídios, geralmente, não há a presença de clorofila, mas, sim, uma quantidade elevada de carotenoides. Estes são responsáveis pelas cores amareladas e avermelhadas em vegetais.

  • Leucoplastos: são plastídios sem nenhum pigmento, mas outras substâncias são acumuladas. Aqueles que acumulam amido são chamados de amiloplastos, e os que armazenam proteína são denominados proteinoplastos.

Curiosidade: Os plastídios podem transformar-se uns nos outros ao modificar a sua estrutura interna, passando a acumular outras substâncias.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Avaliação

-

    Escola Kids