Genética

  • Atualmente 5/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Genética A Genética estuda como as características são transmitidas de pais para filhos
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

É comum ouvirmos que uma pessoa possui determinadas características em virtude da Genética. Entretanto, poucas pessoas sabem o real significado dessa palavra. Que tal aprendermos mais sobre a Genética e sua importância para a ciência?

Genética é a parte da Biologia que estuda como ocorre a transmissão das características de uma pessoa à outra ao longo das gerações (hereditariedade). Entender como as características são transmitidas ajuda-nos, por exemplo, a obter plantas mais fortes e resistentes a pragas ou ainda entender a probabilidade de um casal que apresenta uma doença grave passar essa enfermidade para seus filhos.

A Genética estuda mais precisamente os genes, que são porções de DNA capazes de produzir uma proteína que será responsável por cada característica. Cada pessoa possui no núcleo de suas células genes responsáveis pela cor do olho, do cabelo e assim por diante. Ao conjunto de genes que cada pessoa possui damos o nome de genoma.

As características são passadas por meio dos genes no momento da reprodução. Isso acontece porque, no óvulo e no espermatozoide, encontram-se os genes da mãe e do pai, respectivamente. Sendo assim, quando o espermatozoide entra no óvulo, as informações genéticas do pai e da mãe estão presentes para formar um novo ser (Leia também: Sexo dos bebês).

Hoje já é bem entendida a forma como as características são passadas de pai para filho. No passado, no entanto, essa era uma dúvida que muitos pesquisadores possuíam e várias pesquisas eram realizadas para resolver o mistério.

Os primeiros estudos em Genética foram realizados por Gregor Mendel no século XIX. Esse importante pesquisador realizou experimentos com ervilhas e concluiu que as características eram herdadas por fatores provenientes da mãe e do pai. Esses fatores, que posteriormente foram chamados de genes, estavam presentes nos gametas (óvulo e espermatozoide) e eram transmitidos na fecundação.

A partir do entendimento de como essas características são passadas entre as gerações, muitos avanços foram feitos. É graças à Genética que hoje conseguimos fazer produtos transgênicos, entender o desenvolvimento de alguns tipos de tumores, criar clones, realizar testes de DNA, entre várias outras importantes descobertas.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Avaliação

10.0

    Assuntos Relacionados

    Escola Kids