Estômago

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Estômago No estômago, ocorre a formação do quimo
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

 O estômago é um órgão do sistema digestório conhecido pela produção de enzimas que atuam no processo de digestão dos alimentos. Ele está localizado na parte superior do abdômen, abaixo do diafragma, e caracteriza-se por ser uma parte dilatada do tubo digestório.

Partes do estômago

  • Cárdia: está localizada entre o esôfago e o estômago, sendo, portanto, a primeira porção;

  • Fundo: está localizado logo após a cárdia. Nessa região, normalmente, observa-se a presença de gases.

  • Corpo: logo após o fundo, encontramos o corpo, maior região do estômago. É nesse local que se forma o quimo;

  • Piloro: corresponde ao terço inferior do estômago. É uma região afunilada que controla a liberação do quimo para o duodeno. Atua como uma válvula.

O estômago possui pregas longitudinais formadas pela mucosa (camada mais interna onde enzimas e ácidos são produzidos) e submucosa (camada de suporte). Quando o estômago não está distendido, é possível observar claramente essas dobras, que são denominadas de rugas, entretanto, quando ocorre a ingestão do alimento, essas dobras diminuem, tornando a mucosa mais lisa.

Função do estômago

O estômago participa do processo de digestão dos alimentos. Após passar pelo esôfago, o bolo alimentar chega ao estômago e lá sofre a ação do suco gástrico, que é constituído por ácido clorídrico e as enzimas pepsina, lipase gástrica e amilase gástrica.

A pepsina, que atua apenas em meio ácido, quebra as proteínas. A lipase atua em alguns tipos de lipídios, e a amilase, na digestão do amido. No final da digestão no estômago, o bolo alimentar passa a ser chamado de quimo, palavra do grego chymos, que significa suco.

Por possuir ácido, o estômago precisa proteger-se dos efeitos corrosivos do suco gástrico. Para isso, ele conta com células produtoras de muco, uma substância semelhante a um gel que se adere ao tecido e impede danos maiores. Esse muco também ajuda a lubrificar o bolo alimentar.

Vale frisar que no estômago também é produzida uma proteína denominada fator intrínseco. A função desse fator é garantir que o organismo absorva corretamente a vitamina B12.

Acesse também: Por que o estômago ronca?


Por Ma. Vanessa dos Santos

  

Avaliação

-

    Escola Kids