A Rua

  • Atualmente 4.05/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A Rua Use a faixa de segurança
PUBLICIDADE

Ao passearmos pelas ruas podemos perceber o movimento das pessoas, dos carros, do comércio, etc. São estudantes indo para a escola, adultos se descolando para o trabalho, garis limpando as ruas, pessoas transitando por todos os lados.

Além dos edifícios comerciais, existem também praças, avenidas, casas, condomínios residenciais, parques de diversão, quadras poliesportivas, e muito mais.

Cada uma dessas coisas possui um endereço próprio, assim como nós temos o endereço de nossas casas. Quando você quer ir à casa de um coleguinha, precisa anotar o endereço dele, ou seja, o lugar onde mora, onde fica sua casa. Não é assim?

Os endereços são formados pelo nome da rua, avenida ou alameda; o número do lote; o número da casa ou do prédio; número do apartamento; o setor ou bairro e o CEP (Código de Endereçamento Postal).


Rua residencial

A rua é um espaço público, ou seja, é de todos, mas administrada pelo governo. Por isso, todos têm o direito de ir e vir, se movimentar quando quiser. É o motivo pelo qual possuem as calçadas, nos dois lados de uma rua, para que os pedestres possam transitar.

As ruas podem ser separadas conforme a estrutura de um bairro. Algumas possuem somente casas, quando em bairros residenciais; outras são somente de lojas, quando localizadas em bairros comerciais.


Avenida 23 de Maio e Avenida Paulista (SP)

Uma avenida é uma rua de maior importância para a cidade, pois é mais movimentada e tem acesso aos lugares mais admiráveis. Normalmente são largas e compridas.

Algumas avenidas constituem um centro financeiro para a cidade, pois nela vão se juntando grandes empresas e bancos, tornando-as ainda mais movimentadas. A Avenida Paulista, em São Paulo, é um exemplo de centro financeiro. Pesquise se em sua cidade existe uma avenida assim.


Alameda do Palácio (BH)

Existem também as alamedas, que são ruas ou avenidas com árvores nas calçadas. Nas alamedas, normalmente, existem praças públicas, muito arborizadas, com bancos de madeira ou de pedra, para que as pessoas possam descansar. Algumas alamedas servem como pontos de feiras artesanais, o que mantém sua movimentação aos finais de semana.

Por Jussara de Barros
Pedagoga
Equipe Escola Kids

Avaliação

8.1


    Escola Kids